Como fazer seu mapa astral gratuito

Esoterismo > Paranormal > Como fazer seu mapa astral gratuito

O Mapa Astral é um instrumento que auxilia as pessoas a saberem quais forças astrológicas regem suas vidas, e também vislumbrar alguns dos desafios que surgirão em seus caminhos.

Deste modo as pessoas podem se preparar melhor para o futuro observando as forças que agem sobre seu planeta, e também podem aproveitar para promover um crescimento espiritual lidando melhor com os desafios.

Elaborar o mapa astral é muito difícil, e o ideal é procurar um astrólogo experiente para poder criar o mapa astral, pois ele demanda um conhecimento profundo sobre o movimento dos astros no céu e sobre o que esses movimentos significam.

No entanto é possível que cada pessoa elabore seu próprio mapa astral utilizando algumas técnicas e estudando sobre os astros e a influencia que cada um pode ter na vida na vida.

Confira algumas dicas para criar o próprio mapa astral.

Dicas para fazer o mapa astral

  1. Dados necessários: Procure em seu registro de nascimento a data, local e horário do nascimento. É preciso que essas informações sejam o mais exatas quanto possível, pois o mapa astral é único para cada pessoa, e a configuração do céu não se repete, a não ser a cada 26 mil anos.

  2. Mapa de signos: Procure um mapa astrológico que mostre a posição dos astros no céu para cada data e local.

  3. Signo Solar: O dia do nascimento determinará o signo solar. Este signo vai representar não só as características da personalidade da pessoa, mas as influencias principais de sua vida. O signo solar é dado pela constelação que foi cruzada pelo Sol no dia específico. Esta linha chama eclíptica e é uma das influencias mais fortes em um mapa astral.

  4. Ascendente: O horário de nascimento vai ser responsável por indicar o ascendente da pessoa. O ascendente é dado pela constelação que ascendia ao céu no momento em que a pessoa nasceu. O ascendente representa uma influencia na personalidade da pessoa.

  5. Casas astrológicas: representam determinados setores da vida, como amor, carreira e amigos. Para traçar as casas astrológicas é necessário dividir a esfera celeste através do tempo ou local, e geralmente essa divisão é feita em quatro partes.

  6. Planetas: a posição do planeta regente da pessoa em cada casa representa acontecimentos marcantes nessas áreas para a pessoa, e a influencia de outros planetas pode determinar se esta influencia será boa ou ruim. Por exemplo, a presença de Vênus na casa que representa o amor na vida da pessoa, pode indicar um grande romance na vida da pessoa. Os planetas representam os acontecimentos que podem ocorrer na vida da pessoa, e cada planeta representa uma coisa: Vênus é o planeta do amor, marte dos conflitos, e assim por diante.

  7. Signo lunar: o signo lunar é mais difícil de se precisar, e é necessário usar uma tabela que mostra a cada ano, os dias que cada signo solar regem. O signo lunar permite saber detalhes sobre alguns eventos.

O mapa astral pode demorar para ficar pronto, mas vale a pena pois é um guia para a vida inteira, que pode ser usado para consultar em momentos difíceis e tomar a melhor decisão em diversos momentos.

Vale a pena tentar fazer o mapa astral, e com tempo e prática será possível transformá-lo em um poderoso instrumento para compreender melhor os acontecimentos da vida.

Deixe uma resposta