Crista de Galo

Plantas > Floríferas > Crista de Galo

Características

Esta planta florífera que também é conhecida como Celósia cristata é uma herbácea nativa da região tropical da América que tem por principal característica apresentar flores volumosas e retorcidas de cores fortes, como o vermelho, roxo e amarelo.

Devido a esta aparência peculiar de suas flores, a crista de galo é bastante utilizada no paisagismo, dando uma aparência diferenciada nos jardins e jardineiras.

Cultivo

Onde e Como Plantar

Esta é uma planta de grande resistência ao sol, não apresentando problemas quanto a queimaduras em suas folhas e flores, assim sendo, aconselha-se o plantio em local bem ensolarado, para que a planta faça muita fotossíntese e cresça forte.

Desaconselha-se o plantio desta planta em locais muito frios, uma vez que o frio atrapalha sua floração, porem ela dificilmente morre durante os invernos, voltando a florescer no verão.

Quanto ao solo, prepare-o de forma a ficar rico em nutrientes, adicionando bastante adubo orgânico antes do plantio.

Para realizar o plantio geralmente utiliza-se mudas compradas prontas ou saquinhos de sementes enterradas a poucos centímetros de profundidade. Após você já ter algumas destas plantas, obter novas sementes é bem fácil, uma vez que ela produz várias centenas após cada floração.

Como Cuidar

Lembre-se de irrigar sua planta de forma periódica para manter sempre o solo umedecido, porém sem exageros, uma vez que o excesso d’água pode favorecer a proliferação de doenças nas plantas. Reforce a adubação sempre antes das primaveras e realize podas de limpeza sempre que a planta encontrar-se coberta por flores ou ramos mortos.

25 comentários sobre “Crista de Galo”

  1. Nasceu num buraco do passeio que eu tinha adubado p/ plantar e cercado c/ pneu pequeno, furado….Dezenas de pessoas levaram sementes, mas algumas cortavam galhos pensando que pegavam. Já passa de 1 metro altura..Embelezou a rua. Plantei jardins debaixo de 2 Oitis, 1 Ipê amarelo e 1 quaresmeira. Cuido de tudo… na calçada…
    .

Deixe uma resposta