Lantana

Plantas > Floríferas > Lantana

Características

Este gênero composto por mais de quinhentas espécies diferentes, sendo a maioria arbusto de porte médio, possui de plantas originárias de regiões tropicais de todo o mundo. No Brasil o representante mais comumente encontrado é o Cambará, de nome cientifico Lantana cambará, que graças as seus caxos de flores multicoloridas, porte modesto e alta resistência à variação climática é muito utilizado no paisagismo.

Deve-se fazer apenas duas ressalvas sobre o plantio do arbusto flor de Lantana, primeiramente o fato de que ela é levemente tóxica, logo evite cultivá-la em locais habitados por crianças muito pequenas, em segundo lugar, por ser uma planta muito resistente e que se reproduz facilmente, pode se tornar quase uma praga em algumas situações, logo tome cuidado para que o Cambará não sufoque outras plantas do seu jardim.

Cultivo

Onde e Como Plantar

Embora seja uma planta de grande resistência, podendo viver bem tanto a pleno sol no verão, quanto no frio do inverno, tomar alguns cuidados ajudará sua lantana a se tornar uma planta de maior destaque.

Para isso, cultive-a em local de boa luminosidade, preferencialmente recebendo sol direto, e em solo tropical de alta fertilidade. Adicione de tempos em tempos adubo orgânico e NPK rico em fósforo para reforçar o estoque de nutrientes do solo, logicamente sempre seguindo as instruções de aplicação do produto.

Como Cuidar

Esta é uma planta bem adaptada a climas úmidos, logo irrigue-a diariamente de forma moderada, principalmente enquanto a planta for jovem e em épocas secas. Após a lantana atingir uma idade mais avançada, ela tornara-se um pouco mais resistente à estiagem, podendo ser irrigada em períodos mais espaçados de tempo. Deve-se realizar uma poda de limpeza sempre que a planta apresentar ramos murchos ou secos, para assim evitar que a planta fique abafada por pedaços mortos e perca sua beleza.

23 comentários sobre “Lantana”

Deixe uma resposta