Orixás

Esoterismo > Entidades Místicas > Orixás

Os orixás são divindades presentes em diversas religiões que sofreram influencia de religiões africanas.

Os orixás são cultuados como entidades que ficam em um plano astral superior, e que podem ajudar os humanos e interagir através de pessoas com dons especiais. Essas entidades foram criadas por uma entidade superior, chamada Olorun ou Zamby, dependendo da corrente religiosa.

No Brasil os orixás foram associados a diversos santos da religião católica, devido ao sincretismo religioso que surgiu na época em que os escravos não podiam praticar livremente sua religião.

Confira abaixo os principais orixás e algumas de suas características principais:

  • Exu: é o orixá mensageiro, que guarda as encruzilhadas e a entrada das casas. É considerada um orixá masculino e usa as cores preto e vermelho. No sincretismo religioso pode ser associado ao diabo.

  • Ogum: é o orixá da metalurgia e também da tecnologia e está ligado à guerra. Também é uma entidade masculina e suas cores são o azul escuro, o branco e o verde. No sincretismo é associado a Santo Antônio e São Jorge.

  • Oxóssi: ligado à caça e a fauna, e também é masculino. Se associa ao São Sebastião e suas cores são o verde e azul turquesa.

  • Ossaim: masculino e ligado à flora. Suas cores são verde e branco e se associa à Santo Onofre.

  • Oxumarê: é andrógino e associado ao arco-íris, e está associado a São Bartolomeu. Suas cores são as do arco íris.

  • Obulaiê: é o orixá masculino das doenças e da cura, podendo conceder tanto a saúde quanto a doença. Suas cores são o vermelho, preto e o branco. É associado a São Lázaro e também a São Roque.

  • Xangô: masculino e ligado à justiça e ao trovão, e também possui o vermelho, branco e marrom como cores. Associado á São Jerônimo e João Batista.

  • Iansã: orixá feminino dos relâmpagos e do espírito dos mortos, e suas cores são marrom, branco e vermelho. É associado à Santa Bárbara.

  • Oba: feminino, é ligado ao serviço doméstico e à água. Suas cores são o dourado e o vermelho, e é associado à Joana d’Arc.

  • Oxum: feminino, é o orixá da água doce e do amor e fertilidade. Suas cores são o dourado e amarelo, e se associa à Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora da Conceição.

  • Logum Edé: andrógino, cuida dos rios e florestas, e é representado pelo dourado e azul turquesa. É associado à São Miguel Arcanjo.

  • Iemanjá: feminino, é o ligada à maternidade e às águas e mares. Se associa á Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora das Candeias. Suas cores são o azul e verde claros, além do branco. Proporciona boas pescas e rege os mares e seres aquáticos, e é responsável por tudo o que acontece no mar, e a ela são feitas oferendas para proporcionar boas pescas e o retorno dos marinheiros.

  • Nana: de cor lilás, azul e branco e associada a Santa Ana, é responsável pela lama do fundo das águas, que também é berço de várias formas de vida.

  • Oxaguiã: Associado ao Menino Jesus, é responsável pelo material e é masculino. É também o orixá da sobrevivência.

  • Oxalufã: responsável por criar a humanidade, é andrógino e o branco é sua cor. É associado a Jesus Crucificado e ao Senhor do Bonfim.

Deixe uma resposta