Orquídeas

Plantas > Floríferas > Orquídeas

Características

Embora existam algumas exceções, como a Habenária Josefense, a maioria das orquídeas são plantas epífitas, isso é, crescem sobre outra planta sem parasitá-las, apenas utilizando a hospedeira como apoio para ficarem melhor posicionadas e receberem mais sol.

Graças a enorme variação de espécies (mais de trinta mil) e pelo fato que as espécies geralmente podem cruzar entre si, as orquídeas apresentam uma enorme variação de formato, tamanho e cor de suas flores, isso somado ao fato de ser uma planta resistente e que habita praticamente todos os continentes do mundo, faz dela uma planta ornamental muito cultivada. Mesmo dentre as espécies desprovidas de flores existem várias que são cultivadas pelos orquidófilos graças a suas folhas de aparência diversa e muitas vezes bonitas.

As orquídeas epífitas geralmente possuem suas raízes cobertas por uma estrutura esponjosa chamada velame e envolvem a planta hospedeira principalmente para sustentação. A orquídea absorve água e cascar de planta morta que se grudam a sua raiz, porém não suga nada da seiva da planta hospedeira, não enfraquecendo-a.

Em geral as espécies florescem apenas uma vez ao ano, graças a isso criadores destas plantas costumam ter várias delas, geralmente apoiadas a coqueiros ou palmeiras se dispõem de área externa ou em vasos de xaxim se pretendem cultivá-la em área interna.

Como Cuidar de Orquídeas

Pelo fato de existirem milhares de espécies diferentes de orquídeas que crescem de formas diferentes é sempre aconselhável perguntar ao vendedor da espécie que você pretende adquirir se ela apresenta alguma característica em especial, abaixo ensinaremos os passos básicos para cuidar das formas mais comuns dessa planta e que podem ser aplicados em quase todos os casos. Lembre-se de sempre comprar a orquídea de um vendedor qualificado, a extração direto da natureza desse tipo de planta está pondo algumas espécies em ameaça de extinção.

Deve-se lembrar sempre ao cultivar uma planta que ela se dá melhor em condições semelhantes as suas de origem, sendo esse o caso e sendo mais de 90% das orquídeas plantas epífitas, exceto quando especificado o contrário pelo vendedor, o cultivo de uma orquídea deve ser de forma a simular essa condição, logo deve-se tomar os seguintes cuidados:

  • Evitar de plantá-la direto na terra, em geral o acumulo excessivo de líquido acaba por matar a planta. Poucas espécies de orquídeas sobrevivem diretamente sobre a terra, em geral elas adoecem e morrem nessas condições. Em floriculturas geralmente são vendidos madeiras ou xaxins adequados para quem não possui outra árvore em casa para utilizar de hospedeira.
  • A orquídea é uma planta extremamente resistente, podendo ficar dias sem hospedeiro durante um transplante, porém é sempre aconselhável minimizar agressões para que a muda que você estiver transplantando recupere-se o mais rápido possível.
  • Aplique um pouco de adubo orgânico de pó de osso próximo às raízes da planta quando ela estiver ainda em fase de crescimento, isso agilizará seu crescimento diminuindo o tempo até a primeira floração.
  • Lembre-se de manter a planta regada, porém sem encharcá-la e as raízes arejadas para não criar fungos.
  • Crie as orquídeas em lugares de boa iluminação, porém sem sol direto, principalmente durante as horas por volta do meio dia. O sol excessivo e forte queima suas flores e folhas enfraquecendo a planta, porém é necessário uma boa luminosidade para estimular o crescimento e floração.

Veja mais “Fotos de Orquídeas”.

29 comentários em “Orquídeas”

  1. Olá pessoal, a verdade é que a maior parte das orquídeas acaba morrendo ou não dando flores por causa de erros bastante simples do cultivador, mas eu descobri um método para transformar as orquideas do seu jardim em orquideas lindas de exposição. Com alguns segredinhos elas ficam lindas.

  2. oi boa noite tenho uma orquídea que esta num vaso transparente a primeira floração já caiu, o que devo fazer agora já comprei a casca de coco, mas não sei como utilizar.

    1. Olha,eu plantei a minha na casca de coco,da seguinte forma.coloquei a casca do coco até a metade do vaso,ai coloquei a estaca de xaxim e a muda da orquidea,cabei de completar o vaso com o coco e amarrei a orquidea na estaca.

Deixe uma resposta